Categoria

Arquitetura

Categoria

Vem aí a 8ª edição da Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo! O evento, que será realizado entre os dias 8 e 10 de agosto, no São Paulo Expo, contará com mais de 70 Sessões Educacionais (palestras de todos os níveis técnicos). Os credenciados também terão acesso a exposições de soluções sustentáveis e novas tecnologias; ações e atividades de engajamento; visitas técnicas em edifícios de destaque no mercado e eventos de networking. Considerado o principal evento de construções verdes da América Latina, o Expo GBC é destinado aos profissionais de áreas como arquitetura, engenharia e design; associações e instituições socioambientais; pessoas que trabalham com desenvolvimento sustentável, habitação de interesse popular e planejamento urbano; entidades governamentais e demais interessados em construções verdes. Em sua última edição, em 2016, a Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo recebeu mais de 14 mil visitantes brasileiros e estrangeiros, 1400 congressistas, 135 palestrantes nacionais e internacionais…

Desenvolver espaços atraentes que promovam o convívio social de moradores e turistas é um desafio para arquitetos e urbanistas. E o escritório de arquitetura Todescan Siciliano topou a tarefa de criar um espaço amplo e de livre circulação no bairro do Butantan, em São Paulo. Inspirado em projetos como o ReStart, na Nova Zelândia, o Box Park, em Londres, e o Highline Park, em Nova York, o escritório criou uma galeria a céu aberto com lojas, serviços e gastronomia. E o melhor: com uma pegada sustentável! 🙂 Batizado de Vila Butantan, o local, que possui dois andares, foi construído com contêineres marítimos reaproveitados. Dos contêineres, ainda foram reutilizadas as plataformas de piso, que se transformaram em passarelas nos andares superiores da Vila. A estrutura possui ainda um deck central, feito de madeira de eucalipto tratado, que, além de ter grande durabilidade, é proveniente de fonte renovável. Os contêineres caracterizam-se por…

Bogotá, a capital da Colômbia, pode se orgulhar de um exuberante espaço verde no coração da cidade. Trata-se do maior jardim vertical do mundo, instalado na fachada do edifício residencial Santalaia, no bairro de Rosales. A cobertura vegetal tem como função reduzir o efeito da ilha de calor da região, além de oferecer um respiro verde aos moradores do edifício e dos prédios do entorno. O jardim vertical é composto por 115.000 plantas nativas, capazes de produzir oxigênio suficiente para 3.000 pessoas. Com aproximadamente 3.000m² de vegetação, o jardim consegue processar 1.708 quilos de metais pesados, capturar 881 quilos de poeira e filtrar mais de 2.000 toneladas de gases tóxicos. O projeto possui um complexo sistema de irrigação, constituído por 42 estações, que realizam a rega mediante a quantidade de umidade e radiação solar na região. Além disso, parte da água utilizada pelo sistema provém dos apartamentos, visto que a…

Desde o início da atuação do Green Building Council no Brasil, as edificações comerciais corporativas despontam como a principal tipologia a buscar a certificação internacional LEED. Hoje, praticamente todo edifício comercial corporativo que é lançado no Brasil já tem seu projeto registrado. Nos últimos anos, porém, outros segmentos passaram a registrar seus projetos, o que culminou no aumento da diversidade de tipologias que buscam a certificação LEED. A diminuição dos custos operacionais e o aumento da velocidade de ocupação desses projetos são alguns dos motivos para que mais tipologias busquem o LEED. Data centers, lojas de varejo, shoppings, bancos e até supermercados são alguns exemplos das novas tipologias que estão buscando a certificação. A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas Rio 2016 também contribuíram para o aumento do registro de instalações esportivas, visto que os novos estádios de futebol e todas as construções olímpicas com estruturas permanentes foram…

Muitas pessoas sonham em ter uma casa na praia para relaxar nos finais de semana. Outras gostariam mesmo de ter uma casa nas montanhas, longe de tudo e de todos. Agora, bom mesmo seria ter uma casa na praia, outra na montanha, uma no meio do mato, outra de frente para uma cachoeira… Parece um sonho, mas e se fosse possível ter uma única casa, itinerante, que pudesse ser levada para todos esses lugares? Essa é a proposta da Coodo House, uma casa pré-fabricada que pode ser instalada em praticamente qualquer local. Com modelos que variam de 36 a 96 metros quadrados, esta casa modular pode ser personalizada para as necessidades de cada proprietário. Com design minimalista e moderno, ela é eco-friendly, pois seu projeto minimiza o consumo de energia utilizando sistemas eficientes energeticamente e por ser quase toda construída com materiais recicláveis. Leia mais: África do Sul projeta casa…

O sonho da casa própria está no DNA dos brasileiros e continua marcante em nossa cultura. Será? Podemos ter certeza disso, pois quando observamos os dados da PNAD – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2015 a qual estima a existência de 68 milhões de domicílios no Brasil, temos que 74,8%, a imensa maioria, são classificados como próprios (os demais são alugados ou cedidos). Tal pesquisa também apresenta um crescimento anual de 1,5 milhão de unidades por ano e com pouca variação no percentual mencionado, ou seja, existe e continuará existindo uma enorme demanda de projetos e de obras para nossos arquitetos e engenheiros, tanto para casas unifamiliares quanto para condomínio de apartamentos. Existe a demanda, mas será que aplicar os conceitos de sustentabilidade é de fato algo necessário? Uma pesquisa nacional de opinião encomendada pelo Ministério do Meio Ambiente chamada “O que o brasileiro pensa do meio ambiente e…

Nos dias 25 e 26 de maio, o Green Building Concil Brasil promoverá mais um curso na cidade do Rio de Janeiro em parceria com o Secovi Rio. Vale lembrar que o GBC Brasil é o responsável pela certificação LEED em nosso país, desta forma, fazer um curso promovido por eles pode fazer a diferença para quem pretende se especializar em certificação internacional para empreendimentos sustentáveis. O Curso Referencial GBC Brasil Casa abordará temas como Uso Racional da Água; Energia e Atmosfera; Materiais e Recursos e Qualidade Ambiental Interna. Seguem mais informações sobre o curso: Objetivos Principais: – Capacitar e qualificar o profissional por meio da retomada de conceitos de arquitetura sustentável, facilmente aplicada a projetos e obras residenciais; – Familiarizar o profissional com os conceitos básicos da Certificação Referencial GBC Brasil Casa para que ele esteja apto a desenvolver casas totalmente alinhadas às premissas da certificação; – Prover ao…

Já mostramos aqui no blog que Buenos Aires vem se destacando quando falamos em sustentabilidade. Nos últimos anos, diversas atitudes sustentáveis foram implantadas na capital da Argentina, trazendo reconhecimento internacional e melhorando a qualidade de vida dos moradores. E vem da Argentina mais um exemplo muito bacana que une reciclagem e solidariedade. No final de fevereiro de 2017, foi inaugurada a primeira casa construída com tijolos feitos a partir de plástico reciclado! 🙂 Com 56 metros quadrados, ela tem sala de jantar, cozinha, dois quartos, banheiro, aquecimento solar, eletricidade e água potável. Localizada em Junín de Mendoza, esta foi a primeira casa totalmente construída a partir de tijolos produzidos através da reciclagem de garrafas PET! Além de ecologicamente corretos, eles possuem maior isolamento térmico e são mais leves do que os tijolos de barro tradicionais. A iniciativa faz parte de um programa lançado pelo Centro Experimental de Habitação Acessível (Ceve),…

Se você mora em um prédio recém-lançado ou em um edifício mais antigo, existe algo que você precisa saber. Para ser construído, seu condomínio consumiu uma enorme quantidade de recursos naturais. A construção civil é um dos setores que mais causam impactos ao nosso planeta. Os gastos com água e energia são exorbitantes e, para se ter uma ideia, estima-se que 50% dos resíduos sólidos gerados pelo homem provêm desse ramo. Sabemos que informações como essas não são muito animadoras, mas elas devem servir de incentivo para quem deseja iniciar uma grande obra ou realizar uma pequena reforma. Optar por materiais e sistemas sustentáveis é, principalmente, uma escolha inteligente, pois, além de evitar gastos excessivos de recursos naturais, ainda propicia uma boa economia nas contas no final do mês. Leia mais: Meu condomínio pode ser sustentável? Para a arquiteta Luciana Costa, o bem-estar do planeta está diretamente ligado às nossas escolhas…

Projetos sustentáveis demoraram um pouco mais para chegar à África do Sul, principalmente devido ao alto custo dos materiais na região e aos métodos antes empregados. No entanto, quando o escritório Architecture For A Change (A4AC) recebeu a proposta de construir uma casa verde e moderna no país, eles aceitaram o desafio de quebrar paradigmas e construir uma residência ecologicamente correta e acessível. O primeiro grande desafio foi encontrar o material ideal para servir de base para a casa. Após avaliar diversos materiais de construção, como terra batida e fardo de palha, o escritório optou por reutilizar contêineres antes usados para o transporte de cargas. Outros materiais, como aço, também foram reaproveitados, ajudando a tornar a casa mais verde. Leia mais: Canadense transforma contêineres em casa autossustentavel Grandes fãs da estética dos produtos de vanguarda de Steve Jobs, os clientes propuseram outro desafio ao escritório: minimizar o impacto da construção…