Categoria

Consumo Consciente

Categoria

Sono, enjoo, cansaço, mais sono, hormônios em ebulição e… mais sono! Engravidar representa uma grande transformação para toda mulher. Mente e corpo passam por grandes mudanças, que têm início desde a descoberta dessa nova vida e vão até depois do nascimento do bebê. Dizem que, quando nasce um bebê, também nasce uma mãe, mas, até que este momento chegue, a mulher vivencia várias experiências, e uma delas é a mudança gradual do corpo. Com o passar dos meses, aquelas roupas que ela ama usar vão ficando cada vez mais apertadas, até que, de repente, não cabem mais. É quando a mulher precisa recorrer às lojas voltadas para gestantes a fim de comprar roupas que serão usadas apenas por alguns meses e logo depois serão descartadas. A gravidez gera tantas alegrias, preocupações e transformações que a maioria das mulheres não para pra pensar na quantidade de recursos naturais que são desperdiçados…

Deitar em uma rede para descansar é uma delícia! Quando colocada em uma área externa ou em uma varanda, a rede torna-se ainda mais convidativa! Balançar e ter aquele ventinho batendo no rosto proporciona uma sensação muito gostosa. Já mostramos aqui no blog algumas dicas para você montar um cantinho verde em seu condomínio, e, provavelmente, ao adicionar a esse local uma rede, você o tornará ainda mais atrativo. Além de proporcionar excelentes momentos de descanso, a rede é usada para decorar os espaços. Ao ser colocada em ambientes cercados pelo verde, ainda proporciona contato direto com a natureza, intensificando a sensação de bem-estar. As redes podem ser produzidas com diferentes materiais, mas uma artista espanhola apresentou uma ideia muito inovadora: uma rede viva, produzida com uma planta que não utiliza solo! Ainhoa Garmendia é uma designer de produtos muito preocupada com questões ligadas à sustentabilidade, sobretudo com o problema…

Cota extra. Estas duas palavrinhas costumam causar arrepios nos condôminos e muita dor de cabeça para os síndicos. E, quando a cota extra é resultado de uma ação que gerou desperdício de algum recurso natural, aí mesmo que a insatisfação aumenta. Se você mora em um condomínio, sobretudo se o prédio for antigo, dificilmente conseguirá escapar dessas taxas. Seja para manutenção, conservação, obras ou gastos emergenciais, a cota extra faz parte da vida de quem mora em condomínios. Uma boa gestão das finanças do prédio ajuda a evitar o excesso dessas taxas, porém, algumas atitudes simples também podem impedir gastos não programados e ainda ajudar na preservação do meio ambiente. Confira: Atenção ao desperdício de água Além de promover a conservação desse recurso natural essencial para a vida, ao evitar o desperdício de água, você contribuirá para a redução das despesas condominiais no final do mês. Pequenas atitudes aliadas a…

Uma das grandes preocupações de diversas empresas em todo o mundo é oferecer um ambiente de trabalho que estimule o aumento da produtividade e do bem-estar dos funcionários. Estudos do Green Building Council (GBC) comprovam que investir em pequenas atitudes como a adequação da iluminação e a melhora da qualidade do ar interna podem aumentar a produtividade dos colaboradores de 8% a 11%. A Certificação Internacional WELL surgiu justamente para avaliar questões ligadas à saúde e ao bem-estar dos moradores, usuários e visitantes de construções verdes. E, por falar nisso, uma empresa de software localizada em Teresópolis, na região serrana do Estado do Rio de Janeiro, construiu um prédio verde tomando como base vários conceitos ligados à sustentabilidade. Além de contribuir com a preservação do meio ambiente, a empresa tem investido bastante em ações que aumentam a qualidade de vida dos funcionários. Conhecida como a capital nacional do montanhismo, Teresópolis…

Se você leu o título deste post e pensou em pintar a parede da cozinha de verde, você precisa ampliar seus conceitos sobre esta cor (risos)! Brincadeiras à parte, a cozinha é um ambiente geralmente muito frequentado pelos moradores. Também, não é para menos… É de lá que surgem aqueles pratos deliciosos preparados por sua mãe ou sua avó e aquela “gororoba” que você faz para matar sua fome (se você é um mestre-cuca, não se sinta ofendido, mas não há nada melhor do que a comidinha da mamãe e da vovó, não é mesmo? – risos). Agora, você já parou para pensar na quantidade de atitudes que podem ser tomadas neste ambiente para torná-lo mais sustentável? Pois é… Por isso separamos algumas dicas valiosas que vão ajudar você a economizar água, energia e gás na cozinha e ainda contribuir com a saúde do planeta! Confira! 🙂 1) Economize água…

No dia 26 de setembro de 2017, o Secovi Rio – Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro – completa 75 anos de atuação, e o Blog Condomínios Verdes tem orgulho de fazer parte desta história. Criado em 2013 com o objetivo de compartilhar dicas, notícias e informações relevantes sobre sustentabilidade em condomínios, o blog cresceu, amadureceu e alçou novos voos. Em 2016, ampliamos a gama de assuntos abordados no site e, este ano, lançamos a versão do blog em espanhol, através de uma parceria que o Secovi Rio fechou com entidades ligadas ao setor da habitação de países da América Latina. As matérias são publicadas nas duas versões do blog, o que ajuda a vencer a barreira da língua e faz com que mais pessoas tenham acesso a conteúdos ligados à sustentabilidade. Difundir a cultura verde para seus representados e associados é um dos objetivos do Secovi Rio, mas…

O desenvolvimento de novos produtos a partir de sobras e restos de outras produções vem crescendo em várias partes do mundo. A reutilização de materiais que antes eram simplesmente descartados é uma atitude sustentável que evita o desperdício de toneladas de matérias-primas. Este é o caso dos resíduos da produção de café, que têm um potencial incrível de reutilização e já estão sendo transformados em copos ecológicos! 🙂 O HuskeeCup é um copo de cerâmica feito inteiramente a partir de cascas de café descartadas, um subproduto da fase de moagem dos grãos que tem pouco valor econômico. As fazendas produtoras de café costumam acumular toneladas desse material orgânico, que, na maioria das vezes, acabam sendo descartadas. Inconformado com as montanhas de resíduos que eram desperdiçadas, o australiano Saxon Wright decidiu criar uma maneira de reaproveitar o material. Por ser proprietário de uma empresa fornecedora de café, Wright está bastante familiarizado…

O barulho da sirene indica que é chegada a hora de mais uma missão. Como diz o lema da corporação, “vidas alheias e riquezas salvar”! A rotina dos quartéis do Corpo de Bombeiros é cheia de desafios. Apagar incêndios, resgatar pessoas e colocar a própria vida em risco para salvar um desconhecido são tarefas cotidianas de um bombeiro. Treinamentos em sequência e exercícios repetidos com exaustão fazem parte da busca pela perfeição desses heróis. Mas, além de realizar todas estas funções, um quartel no Rio de Janeiro vem se destacando em outro quesito: a preservação do meio ambiente! 🙂 Localizado na Gávea, bairro na Zona Sul do Rio de Janeiro, o quartel adotou uma série de medidas sustentáveis que vêm contribuindo para a preservação dos recursos naturais e ainda reduzem os custos operacionais. O projeto iniciou-se em 2015, quando o governo decretou que órgãos públicos deveriam reduzir suas despesas em…

Já parou para pensar que as principais qualidades do plástico são também os seus maiores defeitos? As pessoas costumam utilizá-lo porque o consideram prático e durável. Estas mesmas características, porém, o transformam em um grande vilão para o meio ambiente. Boa parte do plástico que é consumido é descartada logo após o uso e, na maioria das vezes, de forma incorreta, indo parar em aterros e oceanos. Estima-se que o mundo produza mais de 300 milhões de toneladas de plástico todos os anos, e os estragos causados pelo mau uso desse material já podem ser percebidos. As aves e os animais marinhos são exemplos de espécies que sofrem bastante com tal situação. Ao confundirem plástico com comida, os animais ingerem resíduos desse material, indo muitas vezes a óbito. Leia mais: Sapatos são produzidos com garrafa PET Para alertar sobre a quantidade absurda de plástico presente nos oceanos, a ONU criou…

Atribuir uma nova função aos objetos é uma prática que vem conquistando muitas pessoas ao redor do mundo. Também conhecida como upcycle, a iniciativa reutiliza objetos que seriam descartados e, diversas vezes, garante a criação de um novo objeto bonito e exclusivo. Muitas startups estão investindo no upcycle e, através dele, desenvolvendo produtos bastante interessantes e inovadores. Este é o caso da Mosevic, uma empresa que está transformando jeans descartados em óculos de sol muito bonitos e estilosos. Produzidos de forma artesanal em uma oficina em Cornwall, na Inglaterra, os óculos passam por um processo que demorou quatro anos para ser desenvolvido. Os jeans descartados recebem uma resina cuidadosamente selecionada e se transformam em um material durável e flexível. Após ser pressionado nos moldes dos óculos, o tecido é cortado por máquinas controladas por computador, o que garante precisão no contorno. Os óculos, então, passam por uma lavagem de pedra,…