Categoria

Vida verde

Categoria

Reaproveitar objetos e materiais que você já tem em casa para a produção de novos produtos é uma excelente maneira de dar um upgrade na decoração do seu lar e ainda fazer a sua parte para um mundo melhor. Com os materiais certos e uma boa dose de criatividade, é possível transformar vários objetos que estavam em desuso em lindas peças decorativas que darão personalidade e um toque de exclusividade a sua casa. O DIY – Do it yourself ou faça você mesmo – é um conceito que surgiu para responder algumas perguntas frequentemente feitas por ativistas de todo o mundo. Por que comprar aquele objeto da moda se você pode criar algo que combine com você? Ou ainda, por que simplesmente descartar alguns itens se, ao reaproveitá-los, novas funções são atribuídas e novas peças são criadas? Leia mais: Dicas para iniciar projetos de DIY! Com uma rápida consulta na internet…

Utilizar a bicicleta para se locomover pelas cidades é uma excelente maneira de aliar preservação do meio ambiente com prática de exercícios físicos. No entanto, ser um ciclista em um centro urbano, muitas vezes, é um grande desafio. Além de lidar com a escassez de ciclovias e o desrespeito dos motoristas, os ciclistas dependem das condições climáticas para utilizar suas bikes. Pedalar com chuva, neve ou debaixo de um sol escaldante torna os trajetos ainda mais complicados. Mas e se fosse possível pedalar uma bicicleta de quatro rodas que protegesse o ciclista de todos esses fenômenos? Projetado pelo sueco Mikael Kjellman, o PodRide é uma bicicleta elétrica que, à primeira vista, parece um carro. Em seu país de origem, Kjellman encontrava muitas dificuldades para pedalar, principalmente nos dias mais frios. Por adorar aventuras ao ar livre e preferir a bike para realizar suas atividades diárias, ele decidiu criar uma bicicleta…

Quantas vezes você já foi ao supermercado ou hortifrúti e, na hora de escolher frutas, verduras e legumes, optou por aqueles mais bonitos e com boa aparência? Para a maioria das pessoas, a estética dos alimentos ainda é fator determinante para a escolha de um produto. O resultado disso? Segundo a ONU, cerca de 46% dos alimentos são descartados nas fases de processamento, distribuição e consumo. São produtos saborosos e nutritivos que são jogados fora simplesmente por não apresentarem boa aparência. Na contramão desse pensamento, a engenheira ambiental portuguesa Isabel Soares resolveu contribuir de forma direta para evitar o desperdício das frutas feias: “Estava assistindo a um documentário sobre desperdício alimentar e percebi que uma das causas do desperdício é a exigência estética por parte dos grandes distribuidores e supermercados. Isso resulta em um desperdício de 30% do que é produzido pelos agricultores na Europa. São frutas e legumes que…