Elaine Graziela é uma engenheira com atuação nas áreas de qualidade, segurança do trabalho e meio ambiente. Morando há quatro anos no Condomínio Morada Alto do Imbuí (MAI), em Salvador, na Bahia, ela, que já era conselheira fiscal do condomínio, decidiu, em março de 2016, topar o desafio de se tornar síndica do edifício.

sustentabilidade-condominio-mai-13
Elaine Gabriela, síndica do MAI.

Com 394 unidades, duas torres e cerca de 1.400 moradores, o prédio não tinha ações sustentáveis em seu histórico, ao contrário de Elaine, que sempre atuou na área e colocava em prática pequenas atitudes em sua casa. “Já fazia a separação de materiais, como plásticos, baterias, óleo e lâmpadas, e os entregava nos postos de coleta. Utilizo também sacolas sustentáveis para colocar materiais comprados. Profissionalmente, já ministrei palestras sobre o assunto e desenvolvi soluções sustentáveis para empresas”, diz Elaine.

Leia mais: Meu condomínio pode ser sustentável?

Com essa experiência e motivação, não faltaram ideias para serem colocadas em prática. A primeira iniciativa da síndica foi criar uma Estação de Reciclagem. Depois de adaptar uma sala da casa de lixo para receber os resíduos descartados pelos moradores, ela fechou parceria com o Projeto Vale Luz, promovido pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia. A Coelba oferece descontos na conta de luz em troca do recolhimento dos materiais recicláveis por cooperativas cadastradas.

sustentabilidade-condominio-mai
A Estação de Reciclagem do Condomínio Morada Alto Imbuí.

Iniciava-se, então, uma verdadeira revolução sustentável no condomínio! A fim de fortalecer o novo viés sustentável que o edifício ganhava, a síndica criou um logo para o projeto e não parou por aí. Elaine fechou parceria com uma empresa de camisas da região e produziu blusas com o logotipo, que passaram a ser usadas como uniforme pelos funcionários do condomínio.

sustentabilidade-condominio-mai-01
Logo criada para o projeto de sustentabilidade do condomínio.

Detalhe: as camisas são ecológicas, produzidas com 50% de garrafas PET recicladas! 🙂

sustentabilidade-condominio-mai-02
Funcionários utilizam camisa ecológica com o logo do projeto.

Como sempre falamos aqui no blog, divulgar as ações é fundamental para que os moradores abracem a ideia, e a Elaine sabe disso. Ela organizou uma palestra para divulgar a Estação de Reciclagem, distribuiu fôlderes e espalhou cartazes pelo condomínio. “Hoje estamos ampliando o projeto através da coleta seletiva porta a porta dos moradores, uma vez que muitos ainda não participam do programa por causa da distância até a estação e por comodidade. E, como nosso objetivo é medido em índice de sustentabilidade/mês, resolvemos dar um gás para aumentarmos a nossa meta, que hoje é de 300kg/mês, para alcançarmos 500kg/mês”, explica a síndica.

sustentabilidade-condominio-mai-03
Cartazes com dicas e informações foram espalhados no condomínio.

O Programa de Reciclagem do Condomínio Morada Alto do Imbuí vem crescendo a cada dia e já recolhe também pilhas, baterias, óleo de cozinha e lâmpadas, que são direcionados para um local que realiza o descarte correto dos materiais. Mas, se você pensa que o projeto sustentável desse condomínio se resume à reciclagem, está enganado.

sustentabilidade-condominio-mai-09
O condomínio também recolhe óleo de cozinha usado.

Veja abaixo outras ações que foram adotadas pelo edifício:

  • Medição individualizada da água;
  • Horta comunitária, com iniciativa dos moradores e apoio do condomínio, em um espaço antes abandonado. Hortaliças, temperos, frutas e legumes são plantados e distribuídos aos moradores;
sustentabilidade-condominio-mai-05
Parte da horta do condomínio, uma iniciativa dos moradores.
  • Toda a iluminação das áreas comuns do condomínio foi trocada por LED e automatizada;
  • A área coberta da garagem, que antes não era iluminada, ganhou luzes de LED centralizadas na via de acesso, e acionamento inteligente. Das 17h30 às 23h, a iluminação é acesa por completo. Já durante o dia, ela é reduzida pela metade;
sustentabilidade-condominio-mai-06
Garagem com iluminação de LED centralizada.
  • O tempo dos sensores foi reduzido para 1 minuto, em vez de 5 minutos;
  • A iluminação dos espaços disponíveis para locação foi automatizada, sendo desligada no horário limite de uso;
  • Iluminação da piscina através de fita Led na borda;

sustentabilidade-condominio-mai-15

  • Arejadores foram instalados nas torneiras e descargas, diminuindo o fluxo, mas mantendo a sensação de volume;
  • Implantação do Projeto MAI Verde, em que os moradores fizeram a doação de plantas e o plantio no mês da primavera para as áreas comuns;
sustentabilidade-condominio-mai-07
Moradores mobilizados para o plantio de mudas nas áreas comuns.
  • Mudança na rotina operacional do condomínio, como o incentivo à varrição no setor de limpeza, reaproveitamento de papel para rascunho, envio de relatório diário pelo celular, entre outros.

Leia mais: Condomínio adota práticas sustentáveis para economizar água

Além de todas essas ações, o condomínio está aprimorando um projeto de captação de água da chuva, que já é recolhida e utilizada na limpeza das áreas comuns. “Adquirimos uma lombada para barrar e desviar a água para uma canaleta e colocamos em assembleia. Os moradores ficaram de apreciar na próxima reunião. Mas, para o projeto não ficar parado, distribuímos alguns coletores no condomínio para recolher a água da chuva. Ao atingir o nível máximo e nos dias de sol, os coletores são tampados”, conta Elaine.

sustentabilidade-condominio-mai-10
Até mesmo um tronco ganhou mais vida! 🙂

O Condomínio Morada Alto do Imbuí é um ótimo exemplo dos benefícios que uma boa gestão pode trazer. Todo o trabalho realizado pela síndica foi feito sem a cobrança de cotas extras, de forma gradativa, respeitando o plano orçamentário do condomínio. E ela diz que ainda há muito por vir: “Temos muito ainda a conquistar. Outras ações estão sendo maturadas. Com o aumento da quantidade de recicláveis recolhidos, estamos planejando realizar oficinas de artesanato para as crianças e uma feira sustentável com exposições.” Elaine ainda deixa um recado final para todos nós: “Mude para o mundo mudar. A mudança começa por nós. Fale com os seus vizinhos e todos da sua casa.”

sustentabilidade-condominio-mai-14
Elaine é uma síndica atuante, preocupada com o meio ambiente.

E, se você também tem uma história bacana sobre sustentabilidade em seu condomínio, conte pra gente! Mande um e-mail para condominiosverdes@secovirio.com.br!

Comentários