Categoria

Construções Sustentáveis

Categoria

Muita gente já teve vontade de jogar tudo para o alto e cair na estrada. Viver cada dia em uma cidade, experimentar a cultura dessas regiões, conhecer pessoas diferentes… A parte ruim desta jornada, principalmente para quem não tem tanto dinheiro sobrando, é dormir cada dia em um hotel diferente, alternando quartos aconchegantes com camas muito desconfortáveis. Bom mesmo seria levar a sua cama, ou melhor, a sua casa junto com você para que, ao final de um dia de aventuras, você pudesse descansar no conforto do seu lar, não é mesmo? Nos Estados Unidos, uma empresa construiu uma minicasa móvel confortável, com varanda e estufa, que promete oferecer tal possibilidade aos viajantes. Batizada de Elsa, esta minicasa móvel possui 30 metros quadrados de área útil e vem com todas as comodidades que uma casa tradicional oferece. A sala é composta por uma poltrona e um sofá retrátil, que ainda…

Existem várias estratégias que proprietários de edifícios e gerentes de facilities podem usar para incentivar a reciclagem. A responsabilidade corporativa e os esforços ambientais já são prioridade em um grande número de empresas, independentemente do setor de atuação. De acordo com uma pesquisa de 2012 de CFOs da Deloitte, 93% dos entrevistados acreditam que existe uma ligação direta entre os programas de sustentabilidade e o desempenho dos negócios. Um dos passos mais básicos para os escritórios corporativos que procuram melhorar suas práticas sustentáveis ​​é a reciclagem, muitas vezes referida como gerenciamento de recursos ou gerenciamento de resíduos. Embora as empresas socialmente conscientes possam definir políticas e metas de reciclagem, cabe ao proprietário do edifício e à administração do prédio garantir que tais programas estejam em vigor para permitir que os inquilinos alcancem essas metas. A implementação de um programa de reciclagem em um edifício existente não é uma tarefa fácil,…

Se você tem por volta de 30 anos, provavelmente já assistiu algumas vezes àquele episódio do seriado “Chaves” no qual vários personagens aprontam divertidas confusões na cidade de Acapulco. Filmado em 1977 e lembrado até hoje, o episódio é um dos mais marcantes da turma da vila e ajudou a tornar a bela cidade mexicana mundialmente conhecida. E é nesta cidade que um resort chama a atenção devido a seus diferenciais sustentáveis, entre eles seus lindos quartos de bambu. Chamados de casas na árvore, os quartos de bambu do Resort Playa Viva proporcionam uma experiência diferenciada aos hóspedes. Erguidas a 2 metros acima do solo, as suítes oferecem lindas vistas para o Oceano Pacífico, e a natureza que rodeia o hotel torna a atmosfera do lugar perfeita para quem deseja relaxar. Leia mais: Casa pré-fabricada adota conceitos de biofilia Projetado pelo escritório norte-americano Deture Culsign, a ideia do espaço é proporcionar…

Um jardim japonês costuma chamar a atenção em todos os lugares onde é implantado. A combinação das espécies características do país oriental proporciona a formação de áreas verdes únicas e exuberantes. Portland, uma cidade norte-americana localizada em Oregon, é mundialmente conhecida por ser eco-friendly e, segundo Nobuo Matsunaga, ex-embaixador do Japão, possui o jardim japonês mais bonito do mundo fora do Japão. A beleza do local já encantava os visitantes, mas o arquiteto Kengo Kuma conseguiu deixar o lugar ainda mais atraente com a construção de uma vila cultural ecológica. Kuma e sua equipe projetaram três edifícios que foram dispostos ao redor de uma praça, rodeada pelo imponente jardim japonês. Para que a arquitetura estivesse em harmonia com a natureza ao redor, cada construção recebeu um telhado verde que, além de aprimorar o isolamento térmico, cumpre outra função. A cidade de Portland é bastante chuvosa, e o design inclinado do…

“Os proprietários costumam desistir ao primeiro sinal de complexidade ou escalada orçamentária quando constroem uma casa autossustentável”, diz Clinton Cole, diretor da CplusC Architectural Workshop, uma empresa de construção e design sediada em Sydney, na Austrália. Mas Geoff Carroll e Julie Young são diferentes. Para eles, cultivar vegetais ou rastrear o consumo diário de energia não é tarefa a ser terceirizada. Ambos trabalham em uma empresa de análise de dados que ajuda os clientes a enfrentar os desafios da hiperurbanização e da mudança climática. Eles queriam criar uma casa que refletisse seu trabalho em sustentabilidade. A casa do casal, localizada no subúrbio de Alexandria, em Sydney, sofria com o desempenho térmico ruim e a falta de espaço ao ar livre. A primeira recomendação do arquiteto foi derrubar a casa e começar do zero. Uma vez que a demolição foi feita, ele sugeriu reduzir o número de quartos, de quatro para…

Atualmente, o Brasil é o 4º país no ranking mundial de edificações certificadas como sustentáveis – certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), certificação renomada no mercado imobiliário internacional, presente em 167 países. No Brasil, existem hoje 1.302 projetos registrados e, destes, 489 certificados como construções verdes. As edificações verdes alcançaram um patamar histórico, deixando de ser um privilégio das construções de alto padrão. Escolas, creches, lojas de varejo, comércio, residências, hospitais, entre outras edificações públicas ou privadas, já são projetados tendo como meta a certificação. Estudo da Universidade de Harvard aponta que os ganhos financeiros atrelados às mudanças climáticas e à melhoria com saúde e bem-estar oferecidos pelas edificações verdes são de US$ 16,05 por metro quadrado. Nesse cenário, de 2007 a 2016, o Brasil gerou uma economia total de US$ 348 milhões, sendo US$ 251 milhões em economia de energia. Leia mais: Tipologias diversas na busca pelo…

Não, você não leu errado (risos). Mais de 92 metros quadrados de plástico que iriam poluir os oceanos estão ganhando vida em Roterdã. Em julho de 2018, a Fundação Recycled Island abriu seu protótipo para o público: um parque flutuante feito inteiramente de lixo plástico reciclado e apropriadamente chamado de Recycled Park (Parque Reciclado, em tradução livre). De acordo com um relatório encomendado pelo Ministério Holandês de Infraestrutura e Meio Ambiente, mais de 1.000 metros cúbicos de resíduos plásticos são transportados todos os anos pelo Rio Meuse e pelo Mar do Norte. Os plásticos vêm de aterros, da agricultura, do esgoto e da navegação. Eles alcançam o rio através de vários métodos, incluindo o despejo, o lixo e o escoamento. Em vez de deixar o plástico chegar ao oceano, a Fundação Recycled Island e 25 parceiros criaram o Recycled Park: um espaço público em Roterdã, composto por plataformas flutuantes feitas…

Incentivos governamentais vêm sendo mais frequentes no segmento de geração de energia limpa e renovável no Brasil, mas, ainda assim, o investimento em instalações para a geração de energia verde em residências ainda não é totalmente acessível. Com vistas a melhorar esse cenário, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou mudanças que permitirão a pessoas físicas terem acesso a financiamentos para a instalação de sistemas de aquecimento solar e sistemas de cogeração, com placas fotovoltaicas e aerogeradores. A mudança ocorre no âmbito do programa Máquinas e Equipamentos Eficientes, do Fundo Clima, e os recursos poderão ser contratados em operações indiretas somente por meio de bancos públicos. A notícia é importante para estimular a microgeração de energia no Brasil, que hoje atinge a marca de 294 megawatts (MW) de potência instalada em sistemas de microgeração e minigeração distribuída solar fotovoltaica. Esses sistemas geram energia limpa e estão instalados…

A Casa HCL, projeto do escritório Elmor Arquitetura, tem placas fotovoltaicas que produzem toda a energia utilizada. Além disso, a residência apresenta diversas soluções sustentáveis que reduzem o consumo. Pode soar como um cenário digno da família Jetson, mas o fato é que uma casa autossustentável energeticamente — ou seja, que produz toda a energia que consome — já é mais do que realidade. Chamada de Casa HCL, a residência projetada pelo escritório Elmor Arquitetura foi a primeira do Brasil a ganhar o Nível Ouro do Green Building Council Brasil Casa, certificação de referência em construções sustentáveis. Aos pontos positivos, soma-se o custo: a casa saiu apenas 6% mais cara do que uma casa convencional. Mas com a vantagem de que haverá economia permanente no uso de recursos como energia e água, o que se reverterá em economia no médio e longo prazo. Segundo Jorge Elmor, arquiteto responsável pelo projeto,…

Muita gente para pouco espaço disponível. Esta é a realidade de diversas cidades de todo o mundo. Com o aumento da população, surge um desafio: criar moradias confortáveis em espaços reduzidos que atendam às necessidades dos habitantes. Acompanhando este conceito, as minicasas despontam como uma solução criativa, voltada principalmente para aquelas pessoas que lutam para pagar todas as despesas que uma residência exige. Seguindo a tendência das mini-habitações, o escritório de arquitetura James Law Cybertecture, localizado em Hong Kong, criou a OPod Tube House, uma minicasa experimental de baixo custo, desenvolvida para aliviar os problemas habitacionais de cidades muito populosas. Ela é formada por um tubo de concreto reaproveitado, transformado em um lar acessível, que consegue acomodar até duas pessoas. Medindo pouco mais de 2,5m de diâmetro e com uma área vital de 9,3m², o tubo de concreto está equipado com algumas comodidades padrão de uma residência. A minicasa possui…