Categoria

Vida verde

Categoria

Com espaços úteis de moradia cada vez menores e ao mesmo tempo a busca pela conexão com a natureza cada vez maior, as pessoas estão buscando alternativas para levar um pouco de verde para suas casas e, principalmente, apartamentos. Jardins verticais e mini-hortas já fazem parte da decoração e do dia a dia de cuidados de muita gente. Mas, entre as possibilidades de levar mais vida natural para dentro do lar, surge uma opção ainda mais prática e decorativa: os terrários. Para fazer um terrário e cultivá-lo em casa é muito simples, você só precisa saber alguns passos básicos. Confira: Itens necessários Os terrários podem ser feitos tanto em recipientes abertos, que são os minijardins, quanto fechados e para montá-los é importante botar em prática a criatividade, já que é usual adicionar personagens e cenários dentro dos potes; a ideia é formar exatamente um ecossistema, com todos os seus seres! Você…

Lançado pelo Ministério do Meio Ambiente em julho de 2018, o “Pequeno guia prático para a agricultura urbana”, mostra os benefícios de se plantar na cidade, pois além de aumentar a segurança alimentar, traz atratividade para os espaços públicos, diminui alagamentos, filtra a poluição do ar, conserva água e o solo, e conscientiza a população de que todos temos o poder de tornar o mundo mais sustentável. Para que o engajamento ambiental aconteça é importante que cada um tenha uma postura de responsabilidade para com as futuras gerações e compreenda que os recursos naturais são finitos e que toda a vida no Planeta não será viável se não for garantida a capacidade de renovação desses recursos. O ritmo frenético das grandes cidades dessensibiliza seus moradores para a natureza e a agricultura urbana é uma forma de ocupação sensível do espaço, um resgate da nossa humanidade, pelo desejo de uma alimentação…

Descartar alimentos simplesmente porque não atendem a um padrão estético é um hábito comum nos supermercados. Mas esta prática, infelizmente, está longe de abranger apenas as grandes marcas. Ao ir à feira, quantas vezes já deixamos de comprar determinada fruta porque ela estava “feia”? Reaproveitar estes alimentos é necessário. Sabendo disso, dois amigos de Roterdã, na Holanda, incomodados com o grande desperdício em sua cidade, tiveram uma ideia muito bacana: produzir couro ecológico a partir de frutas descartadas! Chamado de Fruitleather (couro de fruta, em tradução livre), o couro ecológico é obtido através de um processo simples, que causa muito menos impacto do que a produção tradicional. Após a retirada das sementes, as frutas são amassadas e fervidas a fim de matar as bactérias. Depois, o material é colocado para secar, o que resulta em um produto final muito menos prejudicial para o ambiente e para os animais, que deixam…

Apesar de ainda haver um longo caminho a ser percorrido, é notório o esforço de pessoas físicas e jurídicas para diminuir a quantidade de plástico de uso único. Algumas empresas, como o Bob’s, investem em canudos comestíveis para o milk-shake, enquanto outras, como o McDonald’s, deixaram de distribuir canudos plásticos e incentivam a ingestão direta no copo. Existem ainda pessoas que, além de abolirem o uso do canudo de plástico no dia a dia, investem seu tempo na busca de soluções ecológicas para o problema e criam opções interessantíssimas, como é o caso do biocanudo. Maria Pennachin é uma adolescente de 16 anos que, motivada por um trabalho de sua escola, desenvolveu um canudo biodegradável e comestível, à base de amido de inhame. Segundo a estudante, a ideia surgiu como solução ao descarte de canudos plásticos na natureza, tema este bastante abordado na imprensa e em sua própria escola. Desenvolvido…

A marca de roupas esportivas Reebok revelou o primeiro produto de sua iniciativa sustentável: o Cotton + Corn, um tênis de milho e algodão orgânico. O modelo chega ao mercado um ano após a marca anunciar o seu plano de produzir um tênis com materiais à base de plantas. O objetivo da Reebok é criar uma alternativa às solas de borracha e espuma, feitas à base de petróleo, usadas nos calçados convencionais. “A maioria dos calçados esportivos é feita usando petróleo para criar sistemas de amortecimento de borracha sintética e espuma”, disse o chefe de inovação da Reebok, Bill McInnis. “Com 20 bilhões de pares de sapatos produzidos a cada ano, essa não é uma forma sustentável de fabricar calçados. Então nós pensamos ‘e se começarmos com materiais que crescem e usarmos plantas em vez de materiais à base de óleo?’”, completou. O modelo NPC UK Cotton + Corn é…

Depois de anos tratando pessoas com obesidade, pressão alta e diabetes, o médico Garth Davis percebeu que muitos dos problemas de saúde de seus pacientes estavam relacionados ao estilo de vida. “Como médicos, realizamos cirurgias ou prescrevemos medicamentos para nossos pacientes se sentirem bem, mas por que não ensiná-los também sobre alimentação saudável e dar acesso a frutas e legumes frescos?”, disse Davis. Diretor-médico de cirurgia bariátrica do Memorial Hermann Memorial City Medical Center, no Texas, Estados Unidos, o dr. Davis entrou em contato com a maior cooperativa de alimentos orgânicos sem fins lucrativos do país, com sede em Houston, propondo uma parceria. A ideia do médico era muito simples: em vez de prescrever medicamentos, ele receitaria frutas e vegetais frescos, que poderiam ser comprados no próprio hospital. Foi assim que surgiu o “Farmacy Stand” – com F, de “farm” (fazenda), e não “PH”, como usualmente é escrito em inglês…

A poluição plástica é um assunto recorrente nos jornais e demais sites de notícias. A todo momento surgem informações sobre empresas, cidades e até mesmo países que estão investindo em soluções práticas para diminuir o consumo de plástico no mundo. Mas, enquanto estas ações macro são estudadas e planejadas, é muito importante que cada indivíduo reflita sobre suas ações e pense em formas de fazer a diferença. Para começar, que tal repensar o uso do plástico de utilização única? Segundo um estudo realizado pela Race for Water, uma instituição suíça voltada para a preservação da água, todos os anos são produzidos 250 milhões de toneladas de plástico e, deste total, cerca de 35% do plástico descartado foi usado uma única vez por apenas 20 minutos. Pense nos canudos que você costuma utilizar nos refrigerantes, sucos e demais bebidas… E o copo plástico, que mata a sede e depois vai direto…

Viver nas ruas das grandes cidades é uma triste realidade para milhares de pessoas em todo o mundo. A vulnerabilidade que essa condição impõe torna os moradores de rua suscetíveis a todo tipo de violência e restringe o acesso a itens básicos para a sobrevivência. Muitas instituições e abrigos trabalham para oferecer as mínimas condições de vida para os sem-teto, mas o horário de funcionamento e a lotação impedem o atendimento a mais pessoas em horários alternativos, como de madrugada. Pensando nisso, a organização britânica Action Hunger lançou, no final de 2017, uma máquina de conveniência voltada para moradores de rua. O objetivo é que pessoas em situação de vulnerabilidade tenham acesso, a qualquer hora, a itens como sanduíches, frutas, chocolates, barras energéticas, peças de roupa, calçados, cobertas, produtos de higiene pessoal e água mineral. Alguns livros também estão disponíveis aos usuários. Leia mais: Você conhece a campanha cabide solidário? Para…

Aderir a uma dieta balanceada, repleta de frutas e legumes, é a escolha certa para quem deseja melhorar a saúde. Mas, para que cresçam, amadureçam e estejam prontas para o consumo, as frutas precisam ser irrigadas de forma correta, de modo a receberem a quantidade de água adequada para seu desenvolvimento. O que muita gente não sabe é que consumir as frutas da estação ajuda a economizar água, isto porque as frutas da época estão acostumadas com as condições climáticas da temporada e, na maioria das vezes, não necessitam de irrigação extra para crescerem. Ao pensar na quantidade de água que é consumida para a produção das frutas, é preciso considerar não só a quantidade de água que o fruto carrega no momento em que você o saboreia, mas também em todos os litros que foram necessários durante o cultivo desse alimento. O resultado dessa conta vai depender muito do…

Ter uma casa rodeada pela natureza é o sonho de muita gente. Se ter um refúgio verde capaz de recarregar as energias já é incrível, imagina poder compartilhar o espaço com quem a gente gosta… Pensando nisso, os proprietários de uma casa na encosta de Mill Valley, na Califórnia, tiveram a ideia de criar ambientes diferenciados para seus convidados, oferecendo duas de suas paixões: a ioga e as artes. O projeto ficou por conta do escritório Feldman Architecture, que criou duas pequenas estruturas projetadas para favorecer a entrada de luz natural e oferecer visuais espetaculares aos visitantes.  As grandes janelas, que vão do teto ao chão, iluminam os ambientes internos e contribuem para a renovação do ar. A ideia do projeto era encaixar as estruturas na natureza, entre as árvores, causando o menor impacto possível ao meio ambiente do entorno. O resultado são duas pequenas cabanas de aparência natural que,…